Bocadinhos de mim :

Os meus olhos contaram-te a minha história?

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Carnaval

Voltei a utilizar a mesma mascara,o mesmo fato. Maquilhei-me com cores vivas e frescas. Tu chegaste, olhaste-me de maneira hipócrita e a maquilhagem em cores vivas e frescas tornou-se triste e pesada. O fato ficou rasgado em várias partes. E a mascara , essa ficou intacta, tirei-a a tempo do teu olhar não a estragar. Sabes os estragos que o teu olhar fez no fato , na maquilhagem? Imaginas os estragos que fez no coração?
Foram tantos que ele já não tem força , para bater.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Fizeste-me vive-lo.

União, confiança, estabilidade, amor. Aprendi Tao bem o significado de cada palavra. Ensinaste-me o que cada palavra queria dizer, individualmente ou no geral. Não me obrigaste a decorar para um dia saber, fizeste-me vive-lo, achaste que essa era a maneira mais indicada de perceber realmente o significado. E tinhas razão, sei Tao bem o que querem dizer. Se me pedissem para numa palavra descrever todas as outras eu pronunciaria sem dúvida nenhuma "Nós". Apesar do medo que temos que esta amizade não ultrapasse certas barreiras, que não aguente certas pedras atiradas por terceiros, o amor que tenho por ti é imensamente verdadeiro e forte. Todas as brincadeiras, todas as saídas, todas as mentirinhas, todos os olhares ficarão guardados para sempre. Farão sempre parte de mim, parte da minha história. Minha Cinderela , eu amo-te e quero ficar contigo para sempre , independentemente da distancia, minha melhor amiga de há tanto tempo.

Amo-te Daniela.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Onde estás ?

Sabes , as tuas coisas estão guardadas numa gaveta que ultimamente tenho aberto muitas vezes. Tenho visto tudo e sentido saudades. Só que ... Realmente não percebo tantas coisas. A lembrança vem á cabeça.A maneira como me disseram que não voltavas mais , que tinhas ido para um lugar bem melhor. Mas afinal , onde estás ? Com quem? É Tao estranho. De um momento para o outro desapareces e nunca mais te vejo. Porque? Porquê tu ? Porquê a mim? Havia tanta gente... Eguismos , eu sei, mas é demais. Desde que te foste embora que a minha vida muda de segundo para segundo e não consigo encontrar a verdadeira felicidade, apenas apanho segundos , minutos de alegria desperdiçados pelo vento. Apenas gostava de saber onde estás, voltar a ver-te, uma última vez. Fazia tudo diferente . Mostrar-te-ia o que significas para mim. Largava tudo para te voltar a ter comigo. Apenas queria que me levasses contigo, não interessa para onde. Apenas queria voltar a chamar mãe , voltar a ser chamada filha. Apenas te queria voltar a ter ao meu lado, mas desta vez , para sempre.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Afastámo-(nos)

Não lutei para ficar contigo , também não o fizeste.
Afastámos-nos desta maneira não por teres mudado de escola , mas sim , porque deixamos de acreditar que existia um "Nós ".
Não te culpo , assim como não me podes culpar a mim. Eramos (tao) únidas no verao , agora , somos (tão) afastadas ! São fases. A nossa chegou mais cedo do que esperava, mas sabes que continuo a amar-te , não do mesmo geito, mas amarte-ei para sempre , minha Kathy.

Tenho tantas saudades tuas .
video
A minha foto
Fatima, Portugal
Vivo das memórias do passado.

Ao contrário das imagens que se encontram aqui , que são retiradas do Google , os textos são feitos por mim. Agradeco que não os copiem e os metam no hi5 , blog , enfim. Nem que se façam passar por autoras(os) deles. Os meus textos são a minha história , os meus sentimentos , não se encaixam em qualquer pessoa ;) Originalidade , babe.

Caixa de recordações.


Obrigada á Pejotinha (:

Obrigada á Jessica e á Inês. (:

Obrigado á Inês. (:

Obrigada á Rita

Obrigada á Rita

Obrigado á Rute e á Sara (:

Obrigado á pejotinha

Obrigado á pejotinha