Bocadinhos de mim :

Os meus olhos contaram-te a minha história?

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Conheces.me ? .|.

Não interessa quantos carros tenho na garagem, quantos chocolates como por dia ou quantos furos tenho nas orelhas. Não interessa saber se faço ou não uma ou mais covinhas quando sorrio, se pinto as unhas de castanho escuro ou azul berrante ou se me visto de preto ou com as cores do arco-íris. Não importa saber se acordo mal-humorada ou a cantar, se risco folhas quando me irrito ou se tenho caracóis ou apenas jeitos no cabelo. Não têm que conhecer as minhas pancas, ter em conta quantos espanta-espíritos tenho no quarto ou se não consigo enfiar calças antes de calçar meias. Não são vocês quem julga se sou forte ou sensível - ou até, contrariamente, as duas coisas, - se rio muito ou se aprecio mesmo coisas diferentes. Não sabem se tenho a capacidade de devorar uma embalagem inteira de stracciatella, se faço bodyboard ou o pino, ou se tenho o poder de arriscar sempre sob a forma de apostas. Se eu tiver vários estados de espírito (como o de putês, de hibernação, o de possuidona...), vais 'avaliar-me' por isso? E se, por acaso, eu coleccionar calendários dos "happy tree friends" e tiver uma fixação pelo Jack do "the nightmare before christmas" e for viciada no Igor do Winnie the pooh e no Tatty Teddy, vais tratar-me de outra forma? Se te aperceberes que canto certa música só para quem me é especial e que choro sempre que ouço outra determinada canção, achar-me-ás tonta? Olhar-me-ás de maneira diferente se te disser que adoro Evanescence ou Mafalda Veiga - ou que, por mais estranho que te possa parecer, até amo os dois? Sendo assim nem vale a pena tentares, nada disto te importa.
Interessa sim conheceres-me como realmente eu sou.



12 comentários:

Martz disse...

AMO este texto.

Joana disse...

Amo te vidá
Melhor'texto : D
Minha'Maridá Linda : D

Mi disse...

Acredito que sejas alguém cheio de valor.

Martz disse...

Não é só o amor que conta (..)

Mi disse...

Obrigada.
É apenas uma forma de me definir.

tt disse...

gosto bue dos teus textos gosto mesmo mas o que eu gosto mais e de ti amo te patricia
tiago 8ºA

Ema disse...

obrigada*
eu gosto da morte... todos somos comprometidos com ela e não vale a pena fugir.
Entao, ja que vou morrer, escrevo sobre isso.*

Cátia ' disse...

O texto ta simplesmente perfeito como tu meu amor !

Amo.tE

<3

Rachel disse...

Como eu te percebo amor .
No words :O
O texto tá fantástico.
AMO TEEEE @

Mara disse...

Está fantástico...
Muito bem escrito e ligado. E no final é mesmo isso que interessa: seremos nós mesmos independentemente das nossas manias :)
beijinho

Lizzie disse...

Gostei taannttooo do texto :')



Beijinho *

Rachel disse...

amo.te minha pipoca doce @

A minha foto
Fatima, Portugal
Vivo das memórias do passado.

Ao contrário das imagens que se encontram aqui , que são retiradas do Google , os textos são feitos por mim. Agradeco que não os copiem e os metam no hi5 , blog , enfim. Nem que se façam passar por autoras(os) deles. Os meus textos são a minha história , os meus sentimentos , não se encaixam em qualquer pessoa ;) Originalidade , babe.

Caixa de recordações.


Obrigada á Pejotinha (:

Obrigada á Jessica e á Inês. (:

Obrigado á Inês. (:

Obrigada á Rita

Obrigada á Rita

Obrigado á Rute e á Sara (:

Obrigado á pejotinha

Obrigado á pejotinha