Bocadinhos de mim :

Os meus olhos contaram-te a minha história?

sexta-feira, 2 de outubro de 2009



Dispenso frases feitas e histórias falsas.

Cala-te, agora quem fala sou eu. Senta-te quieto, agora quem manda sou eu.
Guarda tudo o que te dei, tudo o que era nosso, tudo o que te faca lembrar-te de mim e de nós. Cala-te já disse; trouxe-te uma caixa com a tal fechadura "intacta a cuscus".
Mete tudo o que te disse lá dentro, agora! Dá-me a chave. Dá-me a chave já disse, e senta-te quieto que quem manda sou eu.
Abre a janela e vê, a chave caiu num monte, e a chave representa-nos a nós. Não tentes impedir-me , eu já a atirei janela fora. Não me agarres que eu tenho nojo do teu toque.
Vou-me embora, abre a porta, se quiseres tranco-te aqui dentro. Explicações? Queres explicações concretas de porque é que estou a fazer isto? Então olha, senta-te quieto no chão de pernas á chinês, como se eu fosse tua professora e te explicasse o porque da vida. Mete as duas mãos na boca , uma por cima da outra, como se fosse isso que te impedisse de falar, tira o cabelo da frente das orelhas , como se ele te impedisse de me ouvires e olha-me com os olhos bem abertos de quem nada sabe. Eu já não te amo. Explicação ? A explicação é esta . Eu já não te amo , e a culpa é tua. Porque ? É pena que já não tenhas a chave da caixa, assim lias as cartas que te escrevi ás quais não obtive resposta, vias o tempo que te amei e que para ti fui apenas a outra. Como se fosse uma sobremesa que só comias se não houvesse a mosse de chocolate caseira ou o pudim flan do velho. Eu era a tua segunda opção, ou terceira até.
Dei-te o mundo e tu deste-me promessas falhadas. Desculpa? Nem um mundo cheio de desculpas cura a ferida que me causas-te.
Cala-te e não me toques, sinto nojo de ti.
Fecha a porta quando eu sair , desta vez , não volto mais !

143 comentários:

Sou a Joana disse...

texto simplesmente lindo, adorei mesmo! :'x

E força aí. Há sempre uma altura em que tem que se dizer chega!

Marilena' disse...

Está liindo *.*

Força, quem me dera a mim poder dizer que quando for para sair nao volto mais :S

Adriana Pinto disse...

Força P'.

Mara disse...

«É pena que já não tenhas a chave da caixa, assim lias as cartas que te escrevi ás quais não obtive resposta, vias o tempo que te amei e que para ti fui apenas a outra. Como se fosse uma sobremesa que só comias se não houvesse a mosse de chocolate caseira ou o pudim flan do velho. Eu era a tua segunda opção, ou terceira até.
Dei-te o mundo e tu deste-me promessas falhadas. Desculpa? Nem um mundo cheio de desculpas cura a ferida que me causas-te.»

é exactamente essa a minha condição para ele
e quem me dera ter essa tua força para bater a porta e não voltar mais

ando à procura dela...

Martina Sb' disse...

não estarás a ser um bocado imprudente? :$
e não me levas a mal. eu percebo o que estás a dizer, mas não achas que uma 'chapada' de luva branca, não seria melhor?
dá-lhe desprezo, sai bem da cena toda , não te deixes afectar mais por ele

Lizzie disse...

pareces mesmo determinada :x
texto estáá muito bem conseguido, beijinho.

M. disse...

Não se explica e fecha-se porta!

"dizes que estás morta por dentro, mas vejo-te sempre a sorrir..." disse...

estás perfeitissimo *.*

débora f. disse...

é verdade, concordo contigo. mas já resolvi aquilo com a rapariga.
bem, quanto ao teu texto que te posso dizer? ainda bem, que abris-te os olhos, e cais-te em ti? não sei, mas ainda bem que o tiras-te da tua vida. já passei por isso, e sei o que é. esses seres, não merecem nada. são nojentos.
força com isso, beijinhos.

Mia disse...

Gostei imenso da expressividade. Texto lindo, com imensa força.
:D

Catarina disse...

Atrasados ou não, valem sempre a pena.

Tobias disse...

concordo só faz falta quem esta, mas muitas vezes, queríamos que fosse mais gente..
eu só falta uma semana e três dias..:D

Poppins disse...

Às vezes é melhor assim; saber partir de vez. Quem sabe não será a opção mais certa, um dia...

Nêss. disse...

Que forçaa x.x Também quero fazer isso :3

Daniela disse...

Olá querida, por vezes a vida é assim mesmo...é necessário cometer os mesmo erros vezes sem conta para nos apercebemos que existem pessoas que não merecem o mínimo da nossa atenção.
Pessoas a quem nós oferecemos o nosso mundo e em troca só recebemos dor e sofrimento.
Foi o que me aconteceu a mim infelizmente...e o teu texto reflecte bastante sobre isso.

Segue em frente, somos muito novas e sei que ainda vamos ser muito felizes com alguém que nos valorize.

Beijo

P.S - Texto diferente, original e com muito sentimento :D gostei imenso.

Carolina disse...

Oh, obrigada (:
LINDOO

luisinha disse...

esta tao sentido! tu sim!

ashley. disse...

Até me arrepiei, não por ser de um «amor feliz» mas por sentir o teu sentimento, a tua raiva.
Está lindíssimo.

Parabéns !

matilde disse...

está lindissimo (:

Silvana disse...

este texto está belissimo.

frio, directo...diz tudo!
adorei mesmo.

mary ♥ disse...

nao é assim tao facil.
já nao falamos há mais de um ano...
fazemos de conta que somos desconhecidos.

M disse...

O amor que sentia por ela já desapareceu, sim. Quer dizer, não desapareceu completamente mas isso tenho a noção que nunca acontecerá. E não é medo, é ter a certeza que não vai resultar. Já não confio nela e a base da nossa relação sempre foi a confiança. E para além disso, estou feliz agora e não me arrisco a deixar de o estar por ela, já não vale a pena.

Em relação ao teu texto, há vezes em que é mesmo preciso pôr um ponto final, sem medos nem receios. E ter a certeza que é melhor assim. Se foi isso que aconteceu, ainda bem. :) Força nisso.

Patricia disse...

Pois eu sei que sim (:
gostei imenso do teu texto ! *.*

Menina da Lua disse...

Lindo!
A tua força neste texto revela-se no seu auge e torna-o fenomenal :)
Obrigada pelo teu comentário :)
bj

Margarida C' disse...

Esta lindoo, mesmo :)
Beijinhos

Sheilla Miami disse...

Escreve tao mas tao bem patricia :) Amei mesmo ... Quero te ver sempre de cabecinha erguida e não quero q nada te deixe triste ou te mova de novo ao passado o futuro será ,melhor :)

Ana Monteiro disse...

às vezes, temos que ser nós a mandar! *

Mafalda disse...

Saudades tinha eu de ler, estas tuas palavras sempre tão recheadas de sentimentos e sensações, que me encantam e fazme-me nomear-te mais uma ver: rainha das palavras.

Apaixono-me sempre aqui!

beatrizbranco disse...

Obrigada obrigada obrigada :)

Eu na verdade gostaria era te ter a determinação que demonstras neste texto, sem palavras.

bb

maria disse...

O melhor é mesmo dizer basta e começar algo de novo.

Beαtriz disse...

Bonito texto (:

Cátia Vieira disse...

adorei!

Laura Matos disse...

obrigada pelo comentáeio (:

Catarina disse...

sério? :o

Leonor disse...

Pois é, mas infelizmente isso nem sempre acontece =/

Adorei o teu texto ^^

messy disse...

é a outra face do amor. ninguem ama sozinho por mt tempo.

●Bia disse...

Assim é que é :')

Patrícia Santos disse...

"Fecha a porta quando eu sair" fantastico, adorei ler-te (:

Nêss. disse...

ahahah, e nao é que faço isso mesmo?

débora f. disse...

também a achei lógica. :)

Alexandra disse...

Força nisso :D fecha a porta bem fechada e atira a chave para longe como fizeste com a outra!

Tambem já tinha saudades de vir aqui :) *

Silvana disse...

de nada querida, obrigada eu.
sabes qe adoro os teus textos.

Cátia Vieira disse...

Adorei mesmo

Martina S' disse...

pronto, então segue em frente :)

ashley. disse...

muito obrigado :$

mary ♥ disse...

não é assim tão linear :/

Catarina disse...

oooh!
escreves super bem

Alexandra disse...

Obrigada querida zx

Fazes tu muito bem! *

Débra disse...

adoro tanto vir aqui .)
Força é o que te digo querida :)

Catarina' disse...

As vezes é preciso dizer BASTA !


magnifico :)

x Inês ( ? ) disse...

Céus , como eu queria ter coragem de dizer isso ... e a alguém que merece tanto ouvi-lo . Mas não consigo deixar de crer em contos de fadas e esperar , ainda que ingenuamente , pelo desfecho feliz do meu . És forte , admiro-te .

débora f. disse...

oW, obrigada. :D

Débra disse...

selo no meu blog para ti :)

U disse...

Forte, conciso. Só tens que fechar a porta e seguir a tua vida!

Brid disse...

Obrigado pelo comment :)

Texto muito forte, espero que te consigas libertar definitivamente. Tenho a certeza que haverá alguém que te irá dar todo o amor de que necessitas. Nunca te prendas a quem não te merece.

Beijinho*

danó disse...

Obrigada,

tá lindo o texto :)

seguii *

Francisco disse...

Bem, mas que texto =)
beijinho*

Eliete disse...

Há quem não o tenha entendido assim, muito pelo contrário :x
Eu adorei o teu, às vezes gostava de fazer o mesmo!

*

DS disse...

E então, chegaste a alguma conclusão? :)

Fátima disse...

ás vezes, é preciso bater com a porta e nunca mais voltar (:

Nêss. disse...

Este texto tem mesmo uma força..wow

jane disse...

gosto do verão, mas amo o inverno *-*

Afonso disse...

Colei no texto O.o
Pela força, pela atitude, pela forma de lidares com a situação, e pelo texto, parabéns.

Beijinho

Å®t Øf £övë disse...

P,
Estas são palavras muito fortes, muito intensas, e cheias de decisão, mas também e ainda com muito sentimento à mistura. Gostei.
Bjs.

emma disse...

Muito obrigada :$
Mostras no texto muita determinação, gosto disso :)

Adriana disse...

Wow meu amor simplesmente AMO o texto.
A minha P´determinada, gosto disso@

Sóniia disse...

simplesmente lindo. adorei ! :]

jo disse...

Quando a coragem finalmente se encosta a mim, as forças falham-me nas pernas, deixando-me cair. :X

Neuza disse...

adorei :o
vou seguir :')

Isabel disse...

Gostei :)

fabiana s disse...

que bonito. :)

Anne. disse...

Que garra!
Mas é mesmo assim... Tudo tem um limite. :b

Beijinho,*
[Obrigada!]

ana cristina disse...

adorei :)

vou seguir, beijinhos e continua com essa força que nos contagia *.*

- jezebel disse...

no geral não é bom. mas por vezes podia continuar :)

Neuza disse...

muito obrigada :')

lígia disse...

obrigadaaa :)

danó disse...

Obrigada :)

Qeria ter essa determinação :/

lígia disse...

tambem gostei do teu

- jezebel disse...

:)

Sóniia disse...

de nada ^^

Anónimo disse...

obrigada :)
também gostei deste aqui*

Nêss. disse...

és tão querida *-*

Nêss. disse...

Tratam-me assim e dps eu fico toda convencida :b

Nêss. disse...

Deixa lá que tu com esta força toda bates qualquer pessoa :b

Nêss. disse...

Obrigada $: É nada! Já viste bem a força deste texto?!

Nêss. disse...

obrigada $: porém nao acredito, perco-me no meio das minhas próprias palavras, deixo-me levar pelos sentimentos que depois me impedem de construir textos bonitos. Este texto é sem duvidas nos mais poderosos que já li, emanas força *.*

Inês Henriques disse...

obrigada pela força :) desejo-te a ti tambem força. beijinhos

Eliete disse...

Obrigada querida : )
E já agora força!
*

danó disse...

Obrigada (:


Mas eu não tenho :x

inêsamaral disse...

é mesmo :/

sim, vou lutar, obrigada.

S* disse...

Forte e honesto. Adoro! Um dia dizemos CHEGA.

Sofia Morrison disse...

o texto está absolutamente: fenomenal!

ritt @ disse...

é verdade, e é bom que assim seja :)
gostei *

'Drii disse...

Está tão lindo :)
eu sei que és forte e que vais ultrapassar tudo :)

Coelha disse...

Gostei de ler :D

Sophia disse...

E' preciso tanta força :x

A Formiga disse...

É isso, há uma altura em que temos de colocar um sinal de stop. Sair para não voltar, guardar as recordações que já não passam disso mesmo, recordações. Deixar o coração livre pra novos sentimentos, para novas pessoas e novas emoções.

«Dei-te o mundo e tu deste-me promessas falhadas.»

As promessas neste caso equivalem a mensagens deixadas no vidro da casa de banho, embaciado. Com o tempo deixam de ser promessas passando a ser lembranças. São ditas ao vento.

Está lindo o texto, a tua força é magnifica.

inês chaplin disse...

espero que passe...

Helena Moniz disse...

Olha muito obrigada! :)
mas o teu blog tem um toque de talento, muito bom parabéns

beatrizbranco disse...

Sim. Obrigada :)

beijinhos,
bb

sophia disse...

muito, mas muito obrigada! (:

Cate disse...

ahah, sim, confesso que me soube muitoooo bem ouvi-lo a dizer aquilo. :)

AL disse...

obrigado, não estava nada de mais :'$$

no entanto o teu ..

JOANA SOUSA disse...

Uau, senti tanto estas palavras!
Por vezes, é mesmo assim. Temos que tomar decisões destas, separações... Acções que despertam a admiração e julgamento de quem nos rodeia, pois não percebem o porquê das coisas, não percebem que o amor não sobrevive a facadas contínuas no coração.
Se o que fizeste te deixará mais feliz, não voltes atrás. Para pensarmos nos outros, temos de ser por algumas vezes uns autênticos egoístas :)

Driks disse...

Voce escreve muito bem =)
Queria ter essa habilidade rs.
Mil beijos

Nêss. disse...

Sim, tens razão. As carências de sentido são compensadas por a imensidão de sentimento escondido nas entrelinhas.
Este texto é feito, sobretudo, de arrependimento

danó disse...

Ohh obrigada pelas palavrinhas :$

# Gabriela disse...

107 comentários? :O WOOOOOOW.
é para veres o quanto és boa nisto x)
- está perfeito este post.
adorei a garra.

Eliete disse...

Não precisas de agradecer :)
*

Isabel disse...

Lindo :)

beatriz'mr disse...

Meu deus!
Já não gostas mesmo dessa pessoa. O.O
Gosto da maneira que escreves é engraçada. :D

'Drii disse...

De nada rapariga :)
oh obrigada :'$

AL disse...

não digas isso, o importante nem é o que está escrito mas sim a forma como o foi.. aquilo que consegue passar e transparecer..

:)

Helena Moniz disse...

Exacto e sabes porquê?
Porque um bom escritor não é aquele que escreve bons textos, mas sim os que sentem o que escrevem :)
Obrigadíssima <3

JOANA SOUSA disse...

Exacto, o amor nunca!
E há quem o use como cura =/

Mafalda disse...

Regresso seempre; procuro-te sempre; re-leio-te sempre.

Fascinas-me sempre!

Mafalda disse...

* (Como se fosse a primeira vez)

AL disse...

obrigado querida :)

Helena Moniz disse...

:)

made in ♥ love disse...

Sei que a palavra não é original mas não há outra


ADOREI

Beijinho
Eduarda
Be in ♥ love

JOANA SOUSA disse...

Dizem que querem, e depois passam ao lado! Que tédio.

Sandra ' disse...

Quanta revolta.

A. Bettencourt disse...

Tantas cartas minhas nem sequer foram enviadas.

Gostei da tua força.

A Formiga disse...

Ainda bem que gostaste do texto :')
Desculpa demorar a responder mas tenho andado com muitos testes e é dificil vir postar :b
beijinho *.*

JOANA SOUSA disse...

Conhecendo-te como conheço, vais adorar, e vai ser óptimo para ti!
Tens uma capacidade de pensamento e uma dose de argumentista que nunca vi :O
Chegarás lá amor (:

Andreia disse...

O mundo está demasiado escrito... *

disse...

Gostei mesmo do que escreveste :)

M' disse...

O meu não é o único com sentimentos, não =O adorei, és mesmo forte rapariga =)

MarianaCarvalho disse...

esta perfeito :O

vou seguir ++

M' disse...

Sou, devo ser .. Mas neste momento sinto-me fraca, muito fraca =x

luisinha disse...

muito muito muito obrigada, linda!

disse...

ó, obrigado :D

M' disse...

Enquanto não sei se dou um passo em frente ou dois para trás, a minha fonte de força não aparece. Mas depois, lá vem ela. Terá de vir, certo?x)

A Formiga disse...

Não peças desculpa, afinal ás vezes temos outras coisas para fazer :)

deborah disse...

obrigada. gosto do teu texto (:

deborah disse...

(:

Efeito Borboleta disse...

Que gostam da tua escrita já te devm ter dito um monte de vezes.
Que a sentem, bem não sei. Mas eu senti.

A Formiga disse...

"os meus olhos contaram-te a minha história?"

excelente <3

M' disse...

Sei que nada dura para sempre . Apenas ainda sonho que sim, que possa durar . Triste ilusão .

<3

Sandrina disse...

Gostei bastante! :D

A Formiga disse...

Quando é que escreves outro texto bonitinho? :$

lauracarvalhoneiva. disse...

lindo, lindo e lindo

c.Fernandes disse...

"É pena que já não tenhas a chave da caixa, assim lias as cartas que te escrevi ás quais não obtive resposta, vias o tempo que te amei e que para ti fui apenas a outra."
Simplesmente adorei :o

A minha foto
Fatima, Portugal
Vivo das memórias do passado.

Ao contrário das imagens que se encontram aqui , que são retiradas do Google , os textos são feitos por mim. Agradeco que não os copiem e os metam no hi5 , blog , enfim. Nem que se façam passar por autoras(os) deles. Os meus textos são a minha história , os meus sentimentos , não se encaixam em qualquer pessoa ;) Originalidade , babe.

Caixa de recordações.


Obrigada á Pejotinha (:

Obrigada á Jessica e á Inês. (:

Obrigado á Inês. (:

Obrigada á Rita

Obrigada á Rita

Obrigado á Rute e á Sara (:

Obrigado á pejotinha

Obrigado á pejotinha